Clipping

CLIPPING SINDHOESG 25/03/20

ATENÇÃO: Todas as notícias inseridas nesse clipping reproduzem na íntegra, sem qualquer alteração, correção ou comentário, os textos publicados nos jornais, rádios, TVs e sites citados antes da sequência das matérias neles veiculadas. O objetivo da reprodução é deixar o leitor ciente das reportagens e notas publicadas no dia.

DESTAQUES
Hospitais privados de Goiás pedem socorro para seguir atendimentos
Médicos criam perfil na rede social para tirar dúvidas sobre o coronavírus
Caiado critica fala de Bolsonaro, diz que presidente não pode 'lavar as mãos' e que só falará com ele por comunicados oficiais
Governador de Goiás rompe com Bolsonaro após pronunciamento
Apresentador da TV Anhanguera, 'Seu Waldemar' é diagnosticado com coronavírus e está internado em hospital de Goiânia
Detentos em Goiás fazem máscaras cirúrgicas para servidores da Saúde e da Segurança
Goiânia e mais sete cidades registram falta ou baixo estoque de vacina contra gripe no início de campanha em Goiás
Resultado de exame que detecta infecção por coronavírus pode levar até dez dias, em Goiás
Goiás tem 29 pessoas com coronavírus e investiga mais de 1,3 mil casos suspeitos
Grupo América disponibiliza atendimento para dúvidas sobre coronavírus
Questionado sobre Bolsonaro, diretor da OMS ressalta seriedade do coronavírus
Iris antecipa abertura de maternidade para atender pacientes com coronavírus
Doria sobre Ronaldo Caiado: 'tem coragem e protege a vida'
Diretor da Alego, Joel Sant’Anna recebe alta após enfrentar coronavírus
Secretários estaduais de saúde repudiam pronunciamento de Bolsonaro

 

O POPULAR
Hospitais privados de Goiás pedem socorro para seguir atendimentos
https://www.opopular.com.br/noticias/cidades/hospitais-privados-de-goi%C3%A1s-edem-socorro-para-seguir-atendimentos-1.2022577
...........
TV ANHANGUERA
Médicos criam perfil na rede social para tirar dúvidas sobre o coronavírus
https://g1.globo.com/go/goias/noticia/2020/03/25/medicos-criam-perfil-na-rede-social-para-tirar-duvidas-sobre-o-coronavirus.ghtml
..............................
Caiado critica fala de Bolsonaro, diz que presidente não pode 'lavar as mãos' e que só falará com ele por comunicados oficiais
https://g1.globo.com/go/goias/noticia/2020/03/25/caiado-critica-pronunciamento-de-bolsonaro-sobre-coronavirus-e-diz-que-presidente-nao-pode-lavar-as-maos.ghtml
..............................
Governador de Goiás rompe com Bolsonaro após pronunciamento
https://g1.globo.com/politica/blog/gerson-camarotti/post/2020/03/25/governador-de-goias-rompe-com-bolsonaro-depois-de-pronunciamento.ghtml
...............................
Apresentador da TV Anhanguera, 'Seu Waldemar' é diagnosticado com coronavírus e está internado em hospital de Goiânia
https://g1.globo.com/go/goias/noticia/2020/03/25/apresentador-da-tv-anhanguera-seu-waldemar-e-diagnosticado-com-coronavirus-e-esta-internado-em-hospital-de-goiania.ghtml
...............................
Detentos em Goiás fazem máscaras cirúrgicas para servidores da Saúde e da Segurança
https://g1.globo.com/go/goias/noticia/2020/03/25/detentos-em-goias-fazem-mascaras-cirurgicas-para-servidores-da-saude-e-da-seguranca.ghtml
.................................
Goiânia e mais sete cidades registram falta ou baixo estoque de vacina contra gripe no início de campanha em Goiás
https://g1.globo.com/go/goias/noticia/2020/03/25/goiania-e-mais-sete-cidades-registram-falta-ou-baixo-estoque-de-vacina-contra-gripe-no-inicio-de-campanha-em-goias.ghtml
............................
Resultado de exame que detecta infecção por coronavírus pode levar até dez dias, em Goiás
https://g1.globo.com/go/goias/noticia/2020/03/25/resultado-de-exame-que-detecta-infeccao-por-coronavirus-pode-levar-ate-dez-dias-em-goias.ghtml
.................................
Goiás tem 29 pessoas com coronavírus e investiga mais de 1,3 mil casos suspeitos
https://g1.globo.com/go/goias/noticia/2020/03/24/goias-tem-29-pessoas-com-coronavirus-e-investiga-mais-de-13-mil-casos-suspeitos.ghtml
.........................................
REDAÇÃO
Grupo América disponibiliza atendimento para dúvidas sobre coronavírus

O Grupo América disponibilizou um chat e contato telefônico para dúvidas frequentes de seus clientes sobre a covid-19. Os serviços estão disponíveis para todo o Brasil. A iniciativa foi motivada pela pandemia do novo coronavírus, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS). O chat funciona durante todos os dias da semana, das 8h às 18h. O telefone está disponível 24h.

Os serviços contam com profissionais de saúde para responder às perguntas. A ideia é ter mais canais para que a população possa ter acesso às informações sobre o covid-19. Para acessar o chat, basta clicar nos links a seguir: América Saúde; Promed Goiás e AME.  O serviço telefônico está disponível pelo número 0800-737-3838.
..................................
Questionado sobre Bolsonaro, diretor da OMS ressalta seriedade do coronavírus
Brasília - A Organização Mundial de Saúde (OMS) e outras entidades internacionais subordinadas à Organização das Nações Unidas, como o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), lançaram nesta quarta-feira, 25, um Plano de Resposta Humanitária Global contra os efeitos do coronavírus.
Na teleconferência sobre o assunto, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, foi questionado pelo correspondente do UOL, Jamil Chade, sobre declarações recentes do presidente Jair Bolsonaro de que a doença seria similar a um "resfriado". Ghebreyesus não quis se estender no assunto, mas comentou que em várias nações há muita necessidade agora de atendimentos de urgência, por causa da doença.
"Em muitos países, o coronavírus é uma doença muito séria", afirmou. Na teleconferência, que contou também com o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, as autoridades detalharam medidas para ajudar no combate ao coronavírus nos países mais pobres e vulneráveis, pedindo apoio, inclusive financeiro, a essas iniciativas.
"A história nos julgará sobre como responderemos às comunidades mais pobres em sua hora mais difícil", afirmou Ghebreyesus. O diretor-geral da OMS voltou a lembrar da seriedade do quadro atual sobre o coronavírus. "Como vocês sabem, a pandemia tem acelerado nas duas últimas semanas e, embora o coronavírus seja uma ameaça para todas as pessoas, o que é mais preocupante é o risco que o vírus representa para pessoas já afetadas pela crise", afirmou.
Ghebreyesus também insistiu na importância de haver condições adequadas para profissionais de saúde, dizendo que eles "são heróis, mas também são humanos" e correm riscos.
.............................
Iris antecipa abertura de maternidade para atender pacientes com coronavírus
Goiânia - O prefeito de Goiânia, Iris Rezende, anunciou que o Hospital e Maternidade Municipal Célia Câmara, conhecido como Maternidade Oeste, terá abertura antecipada para receber pacientes com coronavírus. Em visita ao local na manhã desta quarta-feira (25/3), Iris anunciou a implantação de novos leitos de tratamento intensivo equipados com monitores e respiradores na unidade. A maternidade conta hoje com 186 leitos e será transformada em um centro exclusivo de atendimento a pacientes infectados pelo coronavírus. O novo espaço começa a funcionar na próxima semana.
Iris disse que a unidade de saúde está pronta para ser inaugurada, mas, segundo ele, o momento é de estruturar o município para tratar dos possíveis novos casos graves. “Por isso, suspendemos a inauguração da maior maternidade do País e montamos aqui, provisoriamente, um Centro de Tratamento Intensivo aos pacientes que precisarem de leitos específicos com respiradores”, explicou o prefeito.
Iris Rezende lembrou ainda que o mundo inteiro está vivenciando uma fase de preocupação e o coronavírus está assolando todos os países, mas o Brasil, de acordo com ele, ainda não está experimentando as causas do vírus em sua intensidade. “Em Goiânia, por exemplo, temos 17 casos, mas devemos ficar prevenidos e evitar aglomerações”, alertou Iris Rezende, acrescentando que a cidade está preparada e assim que esse período termine, o prefeito Iris frisou que Goiânia voltará a experimentar o ritmo de muito trabalho, progresso e alegria entre a população.
Já a secretária de Saúde, Fátima Mrué, disse que no primeiro momento serão 30 leitos disponíveis e conforme a necessidade, a quantidade pode ser aumentada. “De acordo com a demanda, vamos montando e ampliando mais leitos até o total de 186 se necessário for”, afirma. Ela também acrescenta que profissionais para atuar na unidade já foram contratados e treinados. “Os outros funcionários necessários a mais para atender essa situação emergencial já estão sendo contratados e treinados”, citou, afirmando que a unidade será referência e receberá pacientes que necessitarem de internação.
“Portanto, esses pacientes terão o primeiro atendimento nas unidades básicas e, quando necessário a internação em leito de UTI, serão referenciados à medida da necessidade”, conclui.
...........................................
Doria sobre Ronaldo Caiado: 'tem coragem e protege a vida'
São Paulo - O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), elogiou o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM) e disse que seu colega tem "postura", "firmeza" e "coragem". "O governador Caiado é médico e, ao fazer a sua opção pela Medicina sabe que é preciso proteger a vida das pessoas. Quero cumprimentar o governador Caiado pela correta postura e pela coragem daquilo que ele acaba de anunciar publicamente", disse Doria.

Mais cedo, o governador de Goiás havia anunciado que as decisões federais na área de saúde - anunciadas na véspera pelo presidente Jair Bolsonaro em pronunciamento em rede nacional - não alcançarão o Estado de Goiás.
Bolsonaro havia minimizado a crise causada pelo novo coronavírus, criticado a recomendação de governantes pelo confinamento total das pessoas e defendido que apenas pessoas no grupo de risco do novo coronavírus fiquem em casa.
..............................
Diretor da Alego, Joel Sant’Anna recebe alta após enfrentar coronavírus
Diretor de Articulação Política da Assembleia Legislativa de Goiás, Joel de Sant'Anna Braga Filho teve alta hospitalar e agora segue em isolamento domiciliar. Ele foi diagnosticado com coronavírus e ficou internado durante 12 dias.
Joel continuará em observação e com uso de medicação pelos próximos 11 dias. “O que ainda tenho é uma pneumonia leve, regridindo. Os médicos decidiram pela recuperação em casa, por conta da imunidade ainda baixa”, explicou.
O diretor conta como foram os 12 dias de internação, desses cinco em UTI de um hospital particular de Goiânia. “Não foi fácil, de repente estar na UTI. A vida vira de cabeça para baixo." Joel prossegue ao relembrar sua experiência na unidade: “A gente vê muita coisa, não sabe o que está acontecendo. É uma doença nova que não sabemos como pode evoluir”, pontua. “Foram dias longos, mas com fé em Deus, sabia que iria melhorar”, disse.
Segundo Joel, os sintomas surgiram no sábado (14/3), por volta das 14h, quando ligou ao médico porque estava com febre. “Ele pediu para me dirigir ao hospital. Ao chegar lá, fiz uma tomografia. O pulmão já estava tomado. Fiquei internado”, informou.
Joel relembra o preconceito sofrido no condomínio onde mora, quando foi diagnosticado com Covid-19, acusado por circular pelo local. “Disseram que eu havia circulado pelo local, e não circulei, só passei um dia pela academia. Minha mulher também sofreu muita pressão. Eu jamais iria na rua se soubesse que estava com coronavírus”, reiterou.
..............................
Secretários estaduais de saúde repudiam pronunciamento de Bolsonaro
Yuri Lopes

Goiânia - O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) publicou uma carta de repúdio ao discurso feito pelo presidente Jair Bolsonaro, na última terça-feira (24/3), em rede nacional de rádio e televisão, minimizando a gravidade da pandemia do novo coronavírus.
No texto, que foi compartilhado no Instagram pelo secretário de saúde do Estado de Goiás, Ismael Alexandrino, o conselho fala da luta que tem travado contra a disseminação da covid-19, junto com municípios e o Ministério da Saúde, levando em consideração parâmetros científicos e técnicos. 

“Luta que envolve trabalho, sacrifício, solidariedade, empatia, compaixão com o sofrimento das pessoas e que depende de maneira imprescindível do alinhamento de entendimento e de ações, assim como da união de esforços e de uma direção única e firme”, diz um trecho da carta.
Confira abaixo a íntegra da carta do Conass:
Assistimos estarrecidos ao pronunciamento em cadeia nacional do Presidente da República, Jair Bolsonaro.
É preciso demonstrar ao Brasil as suas consequências e a necessidade de que a população perceba a gravidade do momento que estamos vivendo.
Temos, juntamente com o Ministério da Saúde, os municípios e a própria sociedade brasileira, empreendido uma intensa luta no enfrentamento da Covid-19.
Luta que envolve trabalho, sacrifício, solidariedade, empatia, compaixão com o sofrimento das pessoas e que depende de maneira imprescindível do alinhamento de entendimento e de ações, assim como da união de esforços e de uma direção única e firme.
Todas as decisões e recomendações do Conass e do Ministério da Saúde têm se baseado em evidências científicas, na realidade nacional e internacional e buscado inspiração nas melhores práticas e exemplos de condutas exitosas ao redor do mundo.
É este o esforço que temos empreendido em defesa de nossa pátria e de nossos irmãos e irmãs brasileiros. É dessa forma, desassombrada e corajosa, na direção correta que queremos seguir na missão de defender nossa gente.
Não temos qualquer intenção de politizar o problema. Temos construído, sem dificuldade, independente de colorações partidárias, políticas e ideológicas, consensos para o bem do Sistema Único de Saúde – o SUS e, sobretudo com a saúde do povo brasileiro. Este é nosso compromisso. É isso que norteia nossas ações e esforços.
Já temos dificuldades demais para enfrentar.
Não podemos permitir o dissenso e a dubiedade de condução do enfrentamento à Covid-19. Assim, é preciso que seja reparado o que nos parece ser um grave erro do Presidente da República.
Ao invés de desfazer todo o esforço e sacrifício que temos feito junto com o povo brasileiro, negando todas as recomendações tecnicamente embasadas e defendidas, inclusive, pelo seu Ministério da Saúde, deveríamos ver o Presidente da República liderando a luta, contribuindo para este esforço e conduzindo a nação para onde se espera de seu principal governante: um lugar seguro para se viver, com saúde e bem estar.
Infelizmente o que vimos em seu pronunciamento foi uma tentativa de desmobilizar a sociedade brasileira, as autoridades sanitárias de todo o país.
Sua fala dificulta o trabalho de todos, inclusive de seu ministro e técnicos.
Todo o apoio à atuação do Ministério da Saúde e sua equipe, que tem trabalhado técnica e cientificamente em todos os momentos. Com saúde não se pode brincar e nem fazer apostas, diante do risco que corremos. É preciso discernimento, coragem e determinação para liderar, unificar e auxiliar a nação a superar mais este desafio de Emergência em Saúde Pública.
Temos plena consciência de que o Brasil e o mundo irá enfrentar uma grave recessão econômica, aprofundamento das desigualdades sociais e empobrecimento.
A economia, com trabalho, disciplina, organização e espírito público, se recuperará. Seremos solidários e trabalharemos sem descanso para permitir uma rápida recuperação da nossa economia.
Mas é preciso que se entenda, vidas perdidas, não serão recuperadas jamais.
Que Deus abençoe cada um de nós que temos trabalhado intensivamente e dormido pouco.
Que Deus abençoe e proteja todos os brasileiros e brasileiras.
#ficaemcasa
Secretários de Estado da Saúde do Brasil
...................................
Rosane Rodrigues da Cunha
Assessoria de Comunicação 


Assessoria de Comunicação - Sindhoesg - 25/03/2020

 

Newsletter

Casdastre-se para receber nossos informativos:

 

Sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Estado de Goiás

Alameda Botafogo, nº 101, Centro
CEP 74030-020 - Goiânia - Goiás

 

Telefone:(62)3093-4309

 

sindhoesg@sindhoesg.org.br

GOsites